Para promover Fórmula Truck, mini caminhões fazem alegria das criançasNotícia Anterior
Deputado do PR vai presidir CPI da Enersul na Assembleia de MSPróxima Notícia
Notícias

Campo Grande teve a 2ª maior inflação entre as capitais

Espaçamento entre linhas+- ATamanho da fonte+- Imprimir esta notícia
Campo Grande teve a 2ª maior inflação entre as capitais
Notícias relacionadas

No ano, a energia teve reajuste de 42,14% no IPCA e, nos últimos doze meses.

Contas de energia elétrica até 34,77% mais caras em Campo Grande contribuíram para pressionar a inflação em março, levando o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) a fechar em 1,79% no mês passado, segundo o IBGE. Entre as 13 áreas pesquisadas, a Capital de Mato Grosso do Sul apresentou a segunda maior variação regional do País, atrás apenas do índice registrado em Porto Alegre (1,81%). Embora o IPCA do mês passado tenha sido inferior ao de fevereiro (0,73%), neste ano a inflação na Capital chega a 3,91%, enquanto o acumulado dos últimos 12 meses é de 8,76%.

Conforme o IBGE, neste ano, o consumidor campo-grandense já está pagando 42,14% mais caro pelo uso da energia, enquanto, nos últimos 12 meses, a majoração das contas pelo serviço no município é de 55,64%. A variação do mês de março é reflexo do reajuste extraordinário da energia elétrica, que segundo o instituto foi de 26,67% para a Capital de Mato Grosso do Sul.

Correio do Estado

0 Comentários

Sem Comentários Esta postagem ainda não tem comentários

Comente agora, seja o primeiro!

Mas você pode ser o primeiro a deixar um comentário !

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *