Força Nacional vai continuar em área de conflito por mais 30 diasNotícia Anterior
Nos pênaltis, Chile conquista Copa América pela primeira vezPróxima Notícia
Notícias

Noticia em Tempo Real

Com greve dos enfermeiros, vacinação é concentrada em quatro postos

Espaçamento entre linhas+- ATamanho da fonte+- Imprimir esta notícia
Com greve dos enfermeiros, vacinação é concentrada em quatro postos
Notícias relacionadas

Greve dura 13 dias e ainda não há previsão para se encerrar.

Com enfermeiros ainda em greve e sem atendimento na maior parte das unidades de saúde de Campo Grande, a administração municipal concentrou o serviço de vacinações em postos de quatro bairros da cidade que normalmente atentem de segunda a sexta-feira, mas tiveram o expediente estendido também para os finais de semana.

De acordo com a assessoria de imprensa da Prefeitura, o atendimento de vacinação será feita na UBS do Tiradentes, Coronel Antonino, Nova Bahia e Guanandi, das 7h às 17h, sem intervalo, por meio de distribuição de senha.

Desde de o início da paralisação, no dia 20 do mês passado, por reivindicação de reajuste salarial de 8,5% e o retorno dos plantões cortados pela prefeitura como medida de economia, a população enfrenta dificuldades para fazer exames e aplicação de vacina, já que há atividades de poucos trabalhadores.

O município recorreu à Justiça e obteve tutela antecipada para o retorno de 80% dos profissionais ao trabalho, sob pena de multa diária de R$ 3 mil limitada a 30 dias. A decisão do desembargador Fernando Mauro Moreira Marinho, concedida no dia 22 de junho, é questionada pela categoria que defende ter 100% dos enfermeiros e técnicos atuando em urgências e emergências.

PARALISADOS

Foram reduzidos em 30% o número de enfermeiros e técnicos em Unidades de Pronto Atendimento (UPAs). Já no Hospital da Mulher, Pronto Atendimento Integrado (PAI) e Centros de Atendimento Psicossocial (Caps) a paralisação chega a 50%, sendo elevada a 70% no caso de Centros Regionais de Saúde (CRSs). Esta é total nas Unidades Básicas de Saúde da Família (UBSF), não ocorrendo apenas em escalas de serviços de urgência e emergência que permanecem inalteradas.

Além do reajuste, a categoria que é composta por mil profissionais concursados pretende ampliar em até cinco anos os vencimentos da enfermagem de R$ 2,1 mil para R$ 3.770 e dos técnicos de R$ 1,1 mil para R$ 2.040. Em ambos os casos a jornada é de 40 horas semanais.

Correio do Estado

0 Comentários

Sem Comentários Esta postagem ainda não tem comentários

Comente agora, seja o primeiro!

Mas você pode ser o primeiro a deixar um comentário !

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner