Contra Dilma, 297 empresas fecham as portas nesta quartaNotícia Anterior
Entidades falam sobre legado do empresário Jorge Elias ZahranPróxima Notícia
Notícias

Noticia em Tempo Real

Comércio de Campo Grande amarga prejuízos de R$ 114 milhões

Espaçamento entre linhas+- ATamanho da fonte+- Imprimir esta notícia
Notícias relacionadas

Em abril de 2014 número de endividados foi de 65,7 mil; neste ano 133,5 mil.

De acordo com dados do Sistema Central de Proteção ao Crédito (SCPC), no mês de abril, a dívida dos inadimplentes no comércio da Capital alcançou R$ 114,77 milhões, R$ 49,29 milhões a mais que em abril de 2014 (R$ 65,48 milhões).

Redução de crédito na praça, aumento do risco de desemprego e encolhimento do poder de compra fizeram dobrar o número de consumidores endividados em Campo Grande no intervalo de um ano.

Segundo números do Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC) da Associação Comercial e Industrial de Campo Grande, o número de clientes cadastrados no banco de dados do sistema passou de 65.746 em abril de 2014 para 133.560 no mesmo mês deste ano, avanço de 103,1% no período.

As estatísticas também mostram que o consumidor está 75,3% mais endividado em 2015 que um ano atrás. O volume de dívidas negativadas, por sua vez, disparou no município — o crescimento foi de 226,8% entre abril de 2014 e deste ano, passando de 91.699 para 133.560 débitos.

O diretor do SCPC, Renato Paniago, reconhece que neste ano o endividamento foi fortemente impactado pelo aumento do desemprego, elevação de taxas, impostos e juros, além das tarifas de energia, água e reajuste dos combustíveis. “Todo início de ano tradicionalmente é muito difícil para o consumidor e neste ano todas essas altas impactaram o bolso do consumidor; com o orçamento já limitado, ele começa a optar pelo que vai pagar primeiro”, analisa.

Correio do Estado

0 Comentários

Sem Comentários Esta postagem ainda não tem comentários

Comente agora, seja o primeiro!

Mas você pode ser o primeiro a deixar um comentário !

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

Economia

Em palestra na Expo Paraguai-Brasil, Longen reforça viabilidade do Indústria Sem Fronteiras

Em palestra na Expo Paraguai-Brasil, Longen reforça viabilidade do Indústria Sem Fronteiras   0

Em palestra realizada nesta terça-feira (24/10), durante a 9ª edição da Expo Paraguai-Brasil, em Assunção, capital do Paraguai, o presidente da Fiems, Sérgio Longen, destacou o projeto Indústria Sem Fronteiras, [...]

Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner