Marun quer “saber a verdade”Notícia Anterior
Marun pede urgência na aprovação da reforma da PrevidênciaPróxima Notícia
Notícias

“CPMI da JBS avança”, diz Marun

Espaçamento entre linhas+- ATamanho da fonte+- Imprimir esta notícia
“CPMI da JBS avança”, diz Marun
Com plano de trabalho aprovado por ampla maioria, o relator da CPMI da JBS, deputado federal Carlos Marun (PMDB-MS), encerra a semana com saldo positivo: foram aprovados requerimentos de convocação, convite e pedidos de informação.
Marun e seus pares aprovaram convite para que Rodrigo Janot, ex-procurador-geral da República preste esclarecimentos à CPMI sobre as circunstâncias em que foi firmado acordo de colaboração premiada com a JBS. Além disso, o colegiado decidiu convocar o ex-procurador Marcelo Miller, ex-braço direito de Janot, e o procurador da República Ângelo Goulart Villela.
Vice-líder do PMDB na Câmara, Marun afirmou que todos esses depoimentos serão de extrema importância para que os trabalhos da Comissão avancem de forma transparente e esclarecedora. “Buscaremos informações relevantes que nos auxiliarão a compreender este abrupto enriquecimento e as circunstâncias no qual foi celebrado este acordo de delação premiada que concedeu benefícios sem precedentes na história da vida jurídica brasileira e quase concedeu perdão eterno para estes que, sabemos hoje, são os maiores delinquentes da vida moderna brasileira”, disse o peemedebista.
Também nesta reunião foram aprovadas as convocações dos irmãos Batista; do executivo Ricardo Saud; do advogado do grupo, Willer Tomaz de Souza e da alta gestão do grupo J&F. Do BNDES, um dos alvos da CPMI, foi convocado o ex-presidente Luciano Coutinho.
A definir
Com prazo de 120 dias, prorrogável por mais 60 dias, a CPMI, criada para investigar irregularidades envolvendo a empresa JBS e a Holding J&F em operações realizadas com o BNDES, deve retomar os trabalhos na próxima semana, quando será votado o último bloco de requerimentos, dedicado às transferências de sigilo.
37351652965_7c8f3e4e01_o

0 Comentários

Sem Comentários Esta postagem ainda não tem comentários

Comente agora, seja o primeiro!

Mas você pode ser o primeiro a deixar um comentário !

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *