Comissão presidida por Marun aprova com folga o texto-base da reforma da Previdência e análise de destaques retorna na próxima terça-feira (9)Notícia Anterior
Vendas do Dia das Mães devem crescer e girar até R$ 10 biPróxima Notícia
Notícias

Desempenho externo das carnes na 1ª semana de maio

Espaçamento entre linhas+- ATamanho da fonte+- Imprimir esta notícia
Desempenho externo das carnes na 1ª semana de maio

Mesmo havendo tendência de diluição do valor alcançado na semana inicial do mês, as carnes começaram maio de forma bastante promissora, visto que a receita do período, analisada sob o ângulo da média diária, alcança o maior valor dos últimos 29 meses, ou seja, desde janeiro de 2015.

Mas como o corrente mês (22 dias úteis) é mais longo que o mês anterior (18 dias úteis) e o mesmo mês do ano passado (21 dias úteis), fica claro que o bom resultado não deve se limitar à receita cambial, tende a alcançar, também, os volumes embarcados. Assim, projetados para a totalidade do mês os embarques até agora realizados, têm-se pela frente as seguintes perspectivas:

– Carne suína: projeção de 58,7 mil toneladas, 32% a mais que em abril passado e 6% a mais que em maio de 2016;

– Carne bovina: projeção de 101,9 mil toneladas, com aumentos de 45% sobre o mês anterior e de cerca de 1% sobre o mesmo mês do ano passado.

– Carne de frango: projeção de 360,3 mil toneladas, 22% a mais que há um mês e quase 2% a mais que há um ano. Neste caso, o maior volume de produto in natura dos últimos 11 meses.

No tocante ao preço, embora a variação em relação ao mês anterior venha a ser mínima, tendendo à estabilidade, é expressiva em relação a maio de 2016 para a carne suína (+32%) e para a carne de frango (+12,5%). Já para a carne bovina o aumento anual previsto para o preço médio é de cerca de 5,5%.

Fonte: AviSite
carne

0 Comentários

Sem Comentários Esta postagem ainda não tem comentários

Comente agora, seja o primeiro!

Mas você pode ser o primeiro a deixar um comentário !

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *