Aeroporto da Capital não adere a greve nacional Notícia Anterior
Reinaldo abre as portas do governo para atender prefeitos e secretáriosPróxima Notícia
Notícias

Dólar opera abaixo de R$ 2,60 após alta da taxa básica de juros

Espaçamento entre linhas+- ATamanho da fonte+- Imprimir esta notícia
Notícias relacionadas

O dólar opera em baixa e recuou para o patamar de R$ 2,58 no início dos negócios desta quinta-feira (22), com investidores aguardando a decisão do Banco Central Europeu (BCE) e, em seguida, a entrevista coletiva do presidente da instituição, Mario Draghi, para a qual esperam o anúncio de um programa de compra de títulos de governos. Esse programa pode aumentar a liquidez global e elevar o fluxo para mercados emergentes, como o brasileiro.

Na véspera, o Banco Central brasileiro elevou a Selic em 0,50 ponto percentual, a 12,25%, como esperado pelo mercado, e sinalizou mais uma alta, mas deixou a porta aberta sobre a magnitude da próxima elevação.

Às 9h49, a moeda norte-americana caía 0,88%, a R$ 2,5835 na venda, após cair 0,32% na sessão passada.

Nesta manhã, o BC dará continuidade às intervenções diárias no mercado de câmbio, ofertando até 2 mil swaps cambiais, que equivalem a venda futura de dólar, com vencimentos em 1º de setembro e 1º de dezembro de 2015. O BC fará ainda mais um leilão de rolagem dos swaps que vencem em 2 de fevereiro, que equivalem a 10,405 bilhões de dólares, com oferta de até 10 mil contratos. Até agora, a autoridade monetária já rolou cerca de 66% do lote total.

O dólar fechou em queda naquarta-feira (21), a R$ 2,60, dando continuidade ao movimento da véspera, e ainda reagindo à perspectiva de maior disciplina fiscal no Brasil e à expectativa de novos estímulos econômicos do Banco Central Europeu (BCE) na zona do euro. A moeda norte-americana fechou cotada a R$ 2,6066, em baixa de 0,32%. A última vez que a divisa fechou abaixo de R$ 2,60 foi no dia 9 de dezembro, quando terminou o dia cotada a R$ 2,5981.

G1

0 Comentários

Sem Comentários Esta postagem ainda não tem comentários

Comente agora, seja o primeiro!

Mas você pode ser o primeiro a deixar um comentário !

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

Economia

Em palestra na Expo Paraguai-Brasil, Longen reforça viabilidade do Indústria Sem Fronteiras

Em palestra na Expo Paraguai-Brasil, Longen reforça viabilidade do Indústria Sem Fronteiras   0

Em palestra realizada nesta terça-feira (24/10), durante a 9ª edição da Expo Paraguai-Brasil, em Assunção, capital do Paraguai, o presidente da Fiems, Sérgio Longen, destacou o projeto Indústria Sem Fronteiras, [...]