Um ano após propina, Hospital de Câncer ainda espera aparelhos em MSNotícia Anterior
Governo recebe Rumo ALL e traça metas para uma ferrovia competitivaPróxima Notícia
Notícias

Noticia em Tempo Real

Enfermeiros não recebem notificação e greve continua em unidades de saúde

Espaçamento entre linhas+- ATamanho da fonte+- Imprimir esta notícia
Enfermeiros não recebem notificação e greve continua em unidades de saúde
Notícias relacionadas

Espera em unidade de saúde é maior do que o normal.(Foto: Bruno Henrique/Correio do Estado).

A greve dos enfermeiros que atuam na Secretaria Municipal de Educação (Sesau), iniciada no último sábado (20), continua nesta terça-feira. A decisão judicial expedida na tarde de ontem (22) não intimidou os grevistas, que afirmam não terem sido notificados.

O presidente da Comissão de Negociação dos Trabalhadores da Enfermagem, Hederson Fritz, afirma que nenhuma notificação de decisão judicial chegou até a categoria.
“Não fomos notificados e o movimento grevista continua”, disse o representante.

Na atenção básica, segundo os enfermeiros, a paralisação é de 100%. Já na urgência e emergência, o efetivo mantido é de apenas 30%.

Os enfermeiros exigem reajuste salarial de 8,5% e afirmam que desde o início da greve, nenhuma negociação foi feita com representantes da prefeitura. “Ninguém nos chamou para conversar até agora”, afirmou Fritz.

PARALISAÇÃO

Conforme a assessoria de imprensa da Secretaria Municipal de Saúde (Sesau), ontem (22), foram suspensos exames que necessitam do suporte de profissional da enfermagem durante sua realização, como é o caso de endoscopia, eletroencefalograma e eletrocardiograma. Nenhum novo levantamento sobre o impacto da paralisação foi divulgado nesta terça-feira.

Foram reduzidos em 30% o número de enfermeiros e técnicos em Unidades de Pronto Atendimento (UPAs). Já no Hospital da Mulher, Pronto Atendimento Integrado (PAI) e Centros de

Atendimento Psicossocial (Caps) a paralisação chega a 50%, sendo elevada a 70% no caso de Centros Regionais de Saúde (CRSs). Esta é total nas Unidades Básicas de Saúde da Família (UBSF), não ocorrendo apenas em escalas de serviços de urgência e emergência que permanecem inalteradas.

A categoria, composta por 1 mil profissionais concursados, pretende ampliar em até cinco anos os vencimentos da enfermagem de R$ 2,1 mil para R$ 3.770 e dos técnicos de R$ 1,1 mil para R$ 2.040. Em ambos os casos a jornada é de 40 horas semanais.

Correio do Estado

0 Comentários

Sem Comentários Esta postagem ainda não tem comentários

Comente agora, seja o primeiro!

Mas você pode ser o primeiro a deixar um comentário !

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

Destaque

IPTU Premiado sorteou em Maracaju 2 Carros e 3 Motos

IPTU Premiado sorteou em Maracaju 2 Carros e 3 Motos   0

por Maracaju em Foco Na manhã desta quarta-feira 11-04 em frente ao Posto Central ocorreu o sorteio do IPTU Premiado que visou contemplar com prêmios os contribuintes que pagaram o tributo [...]

Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner