Ministro admite aumentar teto financeiro da Santa CasaNotícia Anterior
Defesa vai pedir liberdade de secretário preso em operação da PFPróxima Notícia
Notícias

Noticia em Tempo Real

Enquanto obra de duplicação nem começou, mais 6 morreram na BR-163 nesta semana

Espaçamento entre linhas+- ATamanho da fonte+- Imprimir esta notícia
Enquanto obra de duplicação nem começou, mais 6 morreram na BR-163 nesta semana
Notícias relacionadas

A BR-163, conhecida como “rodovia da morte”, estava com previsão do início de duplicação para o início de abril, mas até esta sexta-feira (30) a empresa CCR MSVia não deu início às obras. Enquanto isso, desde o último domingo (25), seis pessoas perderam a via na estrada.

A empresa foi vencedora do leilão para explorar o pedágio da BR que atravessa Mato Grosso do Sul de norte a sul. Nos cinco primeiros anos, estão previstos R$ 3,4 bilhões na duplicação da rodovia.

Em nota oficial, a empresa informou ser possível as obras começarem em maio e que o compromisso da concessionária é de realizar 10% da duplicação em 18 meses, ou seja, em setembro de 2015. Nesta etapa, está prevista a duplicação de 80,6 quilômetros em oito trechos diferentes.

A empresa disse não ter nenhuma data confirmada para o início das obras.

Acidentes

A falta de espaço entre carros e carretas e velocidade da via são as principais queixas dos motoristas que trafegam pela BR-163. Diversos estudos mostraram a necessidade de duplicação para tornar a ultrapassagem segura para quem utiliza a via.

No último domingo (25), três pessoas morreram quando um caminhão tentou realizar uma ultrapassagem à noite no trecho entre o distrito de Anhanduí e a cidade de Nova Alvorada do Sul.

Com o impacto, o Prisma que transportava quatro pessoas foi arrastado e lançado para fora da via. Três pessoas morreram presas nas ferragens.

No dia 27, terça-feira, um acidente entre um carro e uma carreta, na região de Sonora, matou o motorista de um Fox, Germano Beltrol, de 43 anos, que colidiu com o caminhão que tentava fazer uma ultrapassagem.

Na quarta-feira (28), uma colisão envolvendo um caminhão e uma caminhonete, no distrito de Douradina, matou um homem de 52 anos. A vítima conduzia uma Ford Ranger e, ao tentar fazer uma ultrapassagem, colidiu com o caminhão. Ele estava sozinho na caminhonete e morreu na hora.

Na madrugada dessa sexta-feira (30), Geovane Pereira da Silva, de 28 anos, morreu depois de ser atropelado por um caminhão na BR-163, região do município de Dourados, distante 225 quilômetros da Capital.

Midiamax

0 Comentários

Sem Comentários Esta postagem ainda não tem comentários

Comente agora, seja o primeiro!

Mas você pode ser o primeiro a deixar um comentário !

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

Destaque

IPTU Premiado sorteou em Maracaju 2 Carros e 3 Motos

IPTU Premiado sorteou em Maracaju 2 Carros e 3 Motos   0

por Maracaju em Foco Na manhã desta quarta-feira 11-04 em frente ao Posto Central ocorreu o sorteio do IPTU Premiado que visou contemplar com prêmios os contribuintes que pagaram o tributo [...]

Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner