Meteorologia indica chuva e trovoadas para esta 2ª em Mato Grosso do SulNotícia Anterior
Governador cumpre agenda em Campo Grande e festividade de 116 anos continuaPróxima Notícia
Notícias

Greve dos professores chega ao fim e ano letivo terminará ainda em 2015

Espaçamento entre linhas+- ATamanho da fonte+- Imprimir esta notícia
Greve dos professores chega ao fim e ano letivo terminará ainda em 2015
Notícias relacionadas

Apesar de a categoria ter decidido pelo fim da greve, Justiça deve julgar ainda legalidade da greve e cumprimento da Lei 5.411 (Cleber Gellio/Midiamax).

Após audiência de mediação entre a Prefeitura de Campo Grande e a ACP (Sindicato Campo-Grandense dos Profissionais da Educação Pública), na tarde desta segunda-feira (24) no TJ-MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), os professores da Reme (Rede Municipal de Ensino) decidiram por fim a greve que já dura mais de três meses. A decisão foi tomada em assembleia geral da categoria na sede da ACP, no final da tarde de hoje, por volta das 18h40.

Os docentes, segundo Geraldo Gonçalves, presidente da ACP, entenderam que a Prefeitura não tem mais proposta, então a categoria volta às atividades nesta quinta-feira. Amanhã os professores se reunirão com o secretário de educação, Marcelo Salomão, para discutir como será reposição das aulas. “Acreditamos na Justiça e também pensamos nos alunos que estão sem aula”, disse.

Conforme o secretário de Educação, por sua vez, explica que uma força tarefa está sendo montada na Semed (Secretaria de Educação do Município) para dar início as reposições de forma que o ano letivo possa ser concluído ainda em 2015. “Nós vamos implantar o quinto tempo e aulas aos sábados e alguns feriados. Com isso acreditamos que o ano letivo será concluído ainda em 2015”.

Salomão também comentou que já busca recursos para merenda extra e negocia com o transporte coletivo para que os alunos não sejam prejudicados. Ainda conforme o secretário, nesta terça-feira (25), uma reunião entre o conselhos de diretores e a Semed vai discutir a retomada imediata das aulas.

A decisão final sobre o reajuste de 13,01% pedido pela categoria deve sair em no máximo 15 dias, visto que este tipo de ação só é julgada as quarta-feira, e como a próxima, no dia 26 é feriado, o julgamento deve acontecer ou no dia 2 ou no dia 9 de setembro.

Midiamax

0 Comentários

Sem Comentários Esta postagem ainda não tem comentários

Comente agora, seja o primeiro!

Mas você pode ser o primeiro a deixar um comentário !

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *