Fábio Trad defende Notícia Anterior
Segunda-feira segue com massa de ar seco e quente em MSPróxima Notícia
Notícias

Noticia em Tempo Real

Murilo propõe audiência com Puccinelli para salvar Hospital Evangélico

Espaçamento entre linhas+- ATamanho da fonte+- Imprimir esta notícia
Murilo propõe audiência com Puccinelli para salvar Hospital Evangélico
Notícias relacionadas

O prefeito Murilo Zauith esteve reunido na manhã desta segunda-feira com o superintendente do Hospital Evangélico de Dourados, Eliezer Branquinho, e conselheiros da instituição. A unidade, em crise financeira, acumula dívidas de R$ 40 milhões e pode fechar as portas para o atendimento no Sistema Único de Saúde – SUS.

Em sua rede social, o prefeito disse que “é preciso que haja uma união de forças por entender que a cidade não pode abrir mão do Hospital Evangélico, principalmente pelo que já fez e pela história que tem em todo o Conesul do Estado”.

Como forma de tentar resolver a crise no hospital, o prefeito propôs a realização de duas audiência. A primeira no Ministério Público Estadual (MPE) e, na sequência, com o governador André Puccinelli.

O Evangélico é um hospital privado que atende particular, convênios com planos de saúde e ainda, presta serviço ao SUS, na área de oncologia, cardiologia e nefrologia para Dourados e região. Até setembro a unidade administra o Hospital da Vida (HV), mas como o contrato está se encerrando, a administração municipal passará a administrar o HV.

Crise

Segundo a Comissão de Mobilização e Apoio ao Hospital Evangélico, formada por funcionários, o HE recebe cerca de R$ 5,5 milhões para atender o SUS, porém tem despesas de R$ 6,6 milhões, um déficit de R$ 1,1 milhão.

Em entrevista à imprensa semana passada, para explicar sobre a crise financeira do hospital, o farmacêutico Demétrius Pareja, funcionário da unidade, disse que, se em 60 dias o Estado e o Município não revisarem o valor dos repasses, o hospital poderá suspender a prestação de serviços públicos.

Dourados Agora

0 Comentários

Sem Comentários Esta postagem ainda não tem comentários

Comente agora, seja o primeiro!

Mas você pode ser o primeiro a deixar um comentário !

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner