Relógios devem ser atrasados em uma hora no domingoNotícia Anterior
Inmet prevê chuvas fortes para esta sexta-feira em Mato Grosso do SulPróxima Notícia
Notícias

Olarte determina fim da máfia do tapa-buraco cancelando contratos

Espaçamento entre linhas+- ATamanho da fonte+- Imprimir esta notícia
Olarte determina fim da máfia do tapa-buraco cancelando contratos
Notícias relacionadas

Município quer aumentar obrigações das empreiteiras e já prepara novos editais.(Foto: Gerson Oliveira/Correio do Estado).

O prefeito de Campo Grande, Gilmar Olarte, reconheceu a ineficácia da Operação Tapa-Buracos, e chegou a conclusão que acabar com ela, é a melhor forma de combater as irregularidades envolvendo a manutenção das vias da Capital, alvo de denúncias nos últimos 30 dias.

Ontem, o secretário de Infraestrutura, Transporte e Habitação do município, Valtemir Brito, anunciou o fim da operação, e revelou que todos os 31 contratos com 12 empreiteiras serão cancelados a partir da semana que vem. Novos editais de licitação já estão sendo preparados, e o modelo de atuação das empresas será completamente reformulado.

“Nos novos editais nós vamos reduzir o volume previsto de ações para tapar-buracos das vias, e inserir novas obrigações, como a de recapear ruas e avenidas”, adiantou o titular da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seintrha). Segundo Valtemir, a previsão orçamentária de gastos com manutenção de vias para este ano, de aproximadamente R$ 160 milhões, será mantida na nova operação.

Correio do EStado

0 Comentários

Sem Comentários Esta postagem ainda não tem comentários

Comente agora, seja o primeiro!

Mas você pode ser o primeiro a deixar um comentário !

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *