Quarta-feira deve ser de sol e céu parcialmente nublado, diz InmetNotícia Anterior
Dilma assina MP que estende até 2019 modelo atual de reajuste do mínimoPróxima Notícia
Notícias

Páscoa deve movimentar R$ 111,9 mi no comércio de MS, aponta pesquisa

Espaçamento entre linhas+- ATamanho da fonte+- Imprimir esta notícia
Páscoa deve movimentar R$ 111,9 mi no comércio de MS, aponta pesquisa
Notícias relacionadas

Gastos com ovos de chocolate, viagens e pescado foram alvo de pesquisa.

O comércio de Mato Grosso do Sul espera movimentar durante o período da Páscoa R$ 111,9 milhões em vendas de produtos relacionados à data comemorativa, como ovos de chocolate, pescados e viagens, segundo pesquisa da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Mato Grosso do Sul (Fecomércio), divulgada nesta terça-feira (24).

A pesquisa completa está disponível no site. Segundo o levantamento, o valor médio de cada presente é de R$ 87 este ano. No ano passado, o valor era R$ 10 menor. O maior valor médio foi registrado em Três Lagoas (R$ 124), seguido de Chapadão do Sul e São Gabriel do Oeste, com R$ 94, e Nova Andradina (R$ 93).

Das duas mil pessoas entrevistadas, 45% afirmaram que vão comprar ovos de chocolate, 23% optarão pela caixa de bombom e 14% comprarão barras de chocolate.

Chocolates e ovos caseiros devem representar 9% das atividades informais, com cerca de R$ 10,1 milhões. A pesquisa mostra ainda que 53% dos consumidores relataram que o preço dos ovos de chocolate subiu em comparação com 2014. Outros 32% dos pesquisados disseram não lembrar o valor praticado no ano anterior.

O levantamento apontou ainda que os supermercados são os locais preferidos pelos consumidores e que a oferta de descontos no preço é o fator decisivo para a compra. Em seguida, a promoção de venda e de brindes é o segundo fator considerado pelos consumidores, com 20%, seguido pela marca dos produtos (18%).

Pouco mais da metade dos consumidores (51%) afirmou que vão pagar os produtos em dinheiro e 13% afirmou que usará o cartão de débito, enquanto que 30% dos entrevistados disse que vai usar cartão de crédito.

Pescado e viagens

A tendência de consumo do pescado também foi avaliada pela pesquisa. O peixe deve compor a alimentação de 61% dos entrevistados no feriado santo. Das espécies regionais, as mais procuradas serão pintado (23%), pacu (19%) e bacalhau (18%). A estimativa é de R$ 62,2 milhões em vendas de pescados durante o período, valor menor que o estimado para 2014, quando foi de R$ 69,45 milhões.

Viajar para fora do estado é a intenção de 14% dos entrevistados, segundo o levantamento. A estimativa é de que cada viajante gaste, em média, R$ 279, o que deve movimentar cerca de R$ 65,9 milhões no setor de turismo.

A pesquisa foi feita entre os dias 9 e 19 de março com a população economicamente ativa em 13 municípios do estado que, juntos, correspondem a 65% do Produto Interno Bruto (PIB) estadual. Duas mil pessoas foram entrevistadas.

Foram pesquisados consumidores nos municípios de Aparecida do Taboado, Aquidauana, Anastácio, Campo Grande, Chapadão do Sul, Corumbá, Dourados, Ladário, Naviraí, Nova Andradina, Ponta Porã, São Gabriel do Oeste e Três Lagoas.

Do G1 MS

0 Comentários

Sem Comentários Esta postagem ainda não tem comentários

Comente agora, seja o primeiro!

Mas você pode ser o primeiro a deixar um comentário !

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *