Saúde e Segurança no Trânsito são prioridades para MarunNotícia Anterior
Paulo Baier brilha e Criciúma vence o FluminensePróxima Notícia
Notícias

Noticia em Tempo Real

Prefeito vai discutir com a Câmara transformar Coordenadoria em Secretaria de Defesa Social

Espaçamento entre linhas+- ATamanho da fonte+- Imprimir esta notícia
Prefeito vai discutir com a Câmara transformar Coordenadoria em Secretaria de Defesa Social
Notícias relacionadas

O prefeito Gilmar Olarte planeja transformar a Coordenadoria Municipal de Segurança Pública em Secretaria de Defesa Social, mudança que vai discutir com a Câmara em agosto, quando os vereadores voltam do recesso. Segundo o prefeito, a implantação desta Secretaria não vai gerar custo adicional já que não envolverá a criação de cargos, abrangendo além da Guarda Municipal, a Coordenadoria Municipal de Defesa Civil. “A Secretaria é uma exigência do Ministério da Justiça para assegurar a Campo Grande recursos e estrutura necessários a implantação de uma política de prevenção e combate ao consumo de drogas”, explica o prefeito. Ele já esteve em Brasília, onde se reuniu com o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo e a secretária Nacional de Segurança Púbica, Regina Miki, para encaminhar o projeto orçado em R$ 890 mil .

Estes recursos garantiriam desde a compra de viaturas para a guarda municipal, instalação de câmeras de monitoramento nas escolas e centros de educação infantil, estruturação de rondas da guarda municipal no entorno dos estabelecimentos de ensino, com a utilização de motocicletas. “Vamos receber em setembro todo o material para implantar o Programa Crack é possivel vencer”, adianta o prefeito. O kit inclui uma base móvel, 20 câmeras para videomonitoramento, que por dois anos serão instaladas na região Urbana do Anhanduizinho. “Já temos 40 guardas municipais treinados para atuar no programa e está acertada uma parceria com a Polícia Militar que será responsável pelo trabalho repressivo”, informa Olarte. A Secretaria de Assistência atuará na prevenção e a da Saúde, será responsável pelo tratamento dos dependentes químicos.

O prefeito revela que manteve entendimento com o juiz federal Odilon de Oliveira, que se dispôs a apoiar a futura Secretaria , cedendo veículos apreendidos com drogas (por acautelamento), para servir de suporte nas ações educativas e preventivas.

No contato que manteve com a imprensa nesta quarta-feira (16), durante a visita ao futuro Espaço Casa Cor no Hospital do Câncer, o prefeito reafirmou sua decisão de não implantar as Secretarias da Igualdade Racial e de Assuntos Comunitários, previstas em projetos autorizativos aprovados pela Câmara.“Nossa prioridade é recuperar a arrecadação, buscar o equilíbrio das contas públicas”, destaca o prefeito. Gilmar Olarte lembra que já criou as coordenadorias para atuar nestas áreas. “Vamos avaliar, primeiro, a atuação destas coordenadorias para, depois então, avaliarmos, a conveniência de novas secretarias”, conclui.

CG Notícias

0 Comentários

Sem Comentários Esta postagem ainda não tem comentários

Comente agora, seja o primeiro!

Mas você pode ser o primeiro a deixar um comentário !

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner