Plantio da soja termina com 2,3 mi de hectares cultivados no EstadoNotícia Anterior
Governo Dilma tem aprovação de 40%, indica pesquisa IbopePróxima Notícia
Notícias

Noticia em Tempo Real

Recurso que pode definir o futuro de Bernal deve ser julgado em 2015

Espaçamento entre linhas+- ATamanho da fonte+- Imprimir esta notícia
Notícias relacionadas

Bernal voltou ao gabinete da prefeitura em 15 de maio após Justiça conceder pedido para voltar ao cargo (Foto: Gabriela Pavão).

O agravo de instrumento que poderá definir o futuro de Alcides Bernal (PP) em relação a prefeitura de Campo Grande, previsto para ser julgado nesta terça-feira (16), foi retirado da pauta de julgamentos pelo desembargador do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJ-MS), Divoncir Schreiner Maran.

O prefeito cassado de Campo Grande, Alcides Bernal, disse ao G1 que ficou surpreso com a retirada do processo da pauta. Ele disse que tem pressa no julgamento e não esperava a decisão da Justiça de adiar a análise do agravo pela 1ª Câmara Cível do TJMS para o próxima sessão, que deve ocorrer, em 2015.

Ele disse, ainda, que notificou o tribunal ser contrário a participação do desembargador Sérgio Martins no julgamento do agravo, e que solicitou a suspeição do mesmo por ele ser próximo do governador André Puccinelli. “Não esperava pelo adiamento, mas que a Justiça nomeasse um substituto”, afirmou Bernal.

Cassação

O mandato de Alcides Bernal foi cassado pela Câmara Municipal em sessão realizada no dia 12 de março. Dos 29 vereadores, 23 votaram a favor da saída do político do cargo por supostas irregularidades em contratos emergenciais.

A cassação é resultado de um processo que teve início em 30 de setembro de 2013, quando dois empresários de Campo Grande fizeram denúncias sobre contratos firmados por Bernal.

Liminar

Em 15 de maio de 2014, o juiz David de Oliveira Gomes Filho, da 2ª Vara de Direitos Difusos Coletivos e Individuais Homogêneos de Campo Grande, suspendeu o decreto de cassação.

Na madrugada do dia 16 de maio, o Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJMS) acatou recurso da Câmara de Vereadores de Campo Grande e cassou a liminar que havia determinado volta de Alcides Bernal. A decisão foi dada pelo desembargador Vladimir Abreu da Silva.

Do G1 MS

0 Comentários

Sem Comentários Esta postagem ainda não tem comentários

Comente agora, seja o primeiro!

Mas você pode ser o primeiro a deixar um comentário !

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

Política

Elizeu Dionízio vai sair do PSDB e avalia convites do PSL e Podemos

Elizeu Dionízio vai sair do PSDB e avalia convites do PSL e Podemos   0

Deputado quer trocar de partido para tentar a reeleição na Câmara Federal Leonardo Rocha - Campo Grande News Deputado federal Elizeu Dionísio vai deixar o PSDB (Foto: Divulgação) O deputado federal Elizeu Dionízio [...]

Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner