Trecho da BR-163 em Dourados é liberado por caminhoneiros, diz PRFNotícia Anterior
Suspeito de crime sexual, Bueno deixa presidência do PSL em MSPróxima Notícia
Notícias

Saúde confirma 2 mortes por dengue e 1.312 casos notificados em 7 dias

Espaçamento entre linhas+- ATamanho da fonte+- Imprimir esta notícia
Notícias relacionadas

Município de Iguatemi tem maior incidência.

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) de Mato Grosso do Sul confirmou duas novas mortes por dengue na cidade de Sonora, distante 366 quilômetros de Campo Grande. Em 2015, já são quatro óbitos registrados pela doença.

A SES informou, por meio da assessoria de imprensa, que as vítimas são duas mulheres idosas. A primeira morte ocorreu no fim de março e a outra aconteceu em abril. Um outro óbito está sendo investigado em Aparecida do Taboado para averiguar a causa.

Na última semana, foram notificados 1.312 casos da doença. No total, 15.881 casos foram registrados em 2015. 38 cidades estavam com alta incidência de notificações. Iguatemi tem o maior número de casos registrados, com 1267 casos notificados e incidência de 8211,8 casos para cada 100 mil habitantes.

Selvíria teve o segundo maior acumulado de notificações, com 327 casos e incidência de 5087,9. Já Sonora registrou o terceiro maior número de casos, com 810 notificações e incidência de 4896,3 por 100 mil habitantes.

Ainda de acordo com o relatório, foram confirmados na última semana 359 casos de dengue tipo 1, 11 de tipo 2 e 4 do tipo 3.

Mortes

Duas mortes foram confirmadas no estado pela secretaria. O primeiro óbito do ano foi confirmado no dia 11 de fevereiro.
A vítima foi uma menina de 12 anos e o caso foi registrado em Corumbá. A criança morreu no dia 21 de janeiro e, inicialmente, foi diagnosticada com meningite. A dengue só foi confirmada após exames.

Já a segunda morte foi divulgada pela SES no dia 25 de fevereiro. De acordo com o órgão, uma mulher de 37 anos morreu em Paranhos, a 456 km de Campo Grande. A SES disse que, no dia 3 de fevereiro, a mulher foi internada em um hospital da cidade com suspeita de dengue. A doença, segundo a secretaria, foi confirmada logo em seguida, em laboratório.

Do G1 MS

0 Comentários

Sem Comentários Esta postagem ainda não tem comentários

Comente agora, seja o primeiro!

Mas você pode ser o primeiro a deixar um comentário !

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *