Senado regulamenta direitos dos trabalhadores domésticosNotícia Anterior
No 1º dia de greve dos médicos, 7 mil ficam sem atendimento em MSPróxima Notícia
Notícias

Saúde notifica 897 casos de dengue em uma semana em MS

Espaçamento entre linhas+- ATamanho da fonte+- Imprimir esta notícia
Notícias relacionadas

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) notificou 897 casos de dengue na última semana em Mato Grosso do Sul, conforme o último boletim epidemiológico divulgado nesta quarta-feira (6). Em 2015, já foram registrados 19.187 casos da doença.

Na última semana, 49 cidades estavam com alta incidência de notificações. Iguatemi tem o maior número de casos registrados, com 1.271 casos notificados e incidência de 8224,8 casos para grupo de 100 mil habitantes. Sonora tem a segunda maior incidência, com 5240,9 e 867 notificações. Já Selvíria tem o terceiro maior índice, com 5165,7 e 332 casos notificados.

Cinco mortes são investigadas para averiguar se a causa foi ou não por dengue. São dois óbitos em Três Lagoas, um em Campo Grande, um em Aparecida do Taboado e um em Juti.

Mortes

Quatro mortes foram confirmadas no estado pela secretaria. O primeiro óbito do ano foi confirmado no dia 11 de fevereiro.

A vítima foi uma menina de 12 anos e o caso foi registrado em Corumbá, a 415 quilômetros de Campo Grande. A criança morreu no dia 21 de janeiro e, inicialmente, foi diagnosticada com meningite. A dengue só foi confirmada após exames.

Já a segunda morte foi divulgada pela SES no dia 25 de fevereiro. De acordo com o órgão, uma mulher de 37 anos morreu em Paranhos, a 456 quilômetros da capital sul-mato-grossense. A SES disse que, no dia 3 de fevereiro, a mulher foi internada em um hospital da cidade com suspeita de dengue. A doença, segundo a secretaria, foi confirmada logo em seguida, em laboratório.

A terceira e a quarta mortes foram confirmadas em 24 de abril, ambas na cidade de Sonora, distante 366 quilômetros de Campo Grande. As vítimas são duas mulheres idosas. A primeira morte ocorreu no fim de março e a outra aconteceu em abril.

Do G1 MS

0 Comentários

Sem Comentários Esta postagem ainda não tem comentários

Comente agora, seja o primeiro!

Mas você pode ser o primeiro a deixar um comentário !

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *