Após renúnciar mandato de vereador, Elizeu assume vaga de deputado federal Notícia Anterior
MEC não abre mão de média do Enem para contratos de financiamento estudantilPróxima Notícia
Notícias

Noticia em Tempo Real

Vereadores já cogitam afastamento de Olarte e secretário

Espaçamento entre linhas+- ATamanho da fonte+- Imprimir esta notícia
Vereadores já cogitam afastamento de Olarte e secretário
Notícias relacionadas

Os parlamentares da oposição reuniram-se na segunda-feira (9) e decidiram pedir à Justiça uma cópia do processo. A denúncia foi feita ao TJ pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) e, em síntese, revela que o prefeito levantou dinheiro com agiotas, ainda enquanto vice-prefeito, prometendo conceder cargos e vantagens quando chegasse ao cargo máximo do Executivo municipal.

“Falamos desde sempre que é um golpe”, aproveita Luiza Ribeiro (PPS) ao comentar a denúncia. O conteúdo ainda não foi acatado pelo TJ, ou seja, Olarte e os outros citados no processo não são processados judicialmente pelo apontado na investigação do Gaeco, até o momento.

Assim que receberem a cópia do caso, os vereadores prometem colocar seus assessores jurídicos para estudar o assunto “para saber o que a Câmara pode ou deve fazer”, diz Luiza. Na visão dela, cabe ao Legislativo decidir sobre o afastamento dos envolvidos no caso – além de Olarte, o secretário municipal de Governo, Rodrigo Pimentel, também é citado.

A atual situação do Executivo, à beira de uma CPI sobre problemas nas ações de tapa-buracos e com a demanda do Gaeco aguardando crivo de um desembargador, vê os opositores engrossarem o discurso. “Do jeito que está a administração, nem precisa de CPI, eles vão ter de pedir para ir embora, pegar a malinha deles e vazar fora. Aí assume o Mario Cesar (PMDB, presidente da Câmara) ou quem for, para ver se Campo Grande sobrevive”, ataca Airton.

Na visão de Alex (PT), é preciso fazer um “estudo profundo” no conteúdo da denúncia do Gaeco e, “a partir daí, tentar alguma coisa do ponto de vista político”. Esta análise, segundo o petista, deve levar pelo menos uma semana.

“Essas denúncias só prejudicam a cidade. Não tenho conhecimento do processo, mas o prefeito está se defendendo e tranquilo. Temos que aguardar passo a passo a investigação, não podemos prever nada”, analisa o líder de Olarte na Câmara, Edil Albuquerque (PMDB).

Midiamax

0 Comentários

Sem Comentários Esta postagem ainda não tem comentários

Comente agora, seja o primeiro!

Mas você pode ser o primeiro a deixar um comentário !

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

Destaque

IPTU Premiado sorteou em Maracaju 2 Carros e 3 Motos

IPTU Premiado sorteou em Maracaju 2 Carros e 3 Motos   0

por Maracaju em Foco Na manhã desta quarta-feira 11-04 em frente ao Posto Central ocorreu o sorteio do IPTU Premiado que visou contemplar com prêmios os contribuintes que pagaram o tributo [...]

Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner